Alimentos e suas cores do bem

Alimentos e suas cores do bem - Supermercado de Angelina

Não é à toa quando ouvimos para fazer um prato bem colorido. As cores dos alimentos dizem muito sobre suas características nutricionais. Por isso, escolhendo alimentos de diferentes cores você garante uma variedade maior de nutrientes e assegura que as necessidades nutricionais do seu organismo serão atendidas.

Confira abaixo as dicas do médico nutrólogo Dr. Durval Ribas Filho sobre as cores naturalmente do bem.

Branco: Fortalecimento
Fontes de potássio e cálcio contribuem para a manutenção dos ossos, favorecem a regulação dos batimentos cardíacos e são fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.
Exemplo: Banana, batata, couve-flor e feijão branco.

Vermelho: Disposição
Indicados contra depressão, cansaço, ou falta de desejo sexual. O vermelho, proveniente do licopeno, aparece associado à vitamina C, formando uma dupla com o efeito antioxidante que, entre vários benefícios, previne o câncer e colabora para o tratamento do estresse.
Exemplo: Pimentão vermelho, tomate, morango, melancia e goiaba.

Amarelo e laranja: Reforço
Para as defesas são ricos em betacaroteno, fundamental para a manutenção dos tecidos e cabelos. Ricos em vitamina C, participam da ação do colágeno e têm ação antioxidante contra os radicais livres. Também beneficiam a visão e fortalecem o sistema de defesa. Alguns desses alimentos também são capazes de prevenir o câncer de mama.
Exemplos: Mamão, cenoura, laranja, milho e abóbora.

Verde: Limpeza
Nestes alimentos o pigmento responsável é a clorofila, considerada um importante energético celular. Desintoxica as células, inibe os radicais livres, protege o cabelo e a pele.
Exemplos: Abacate, abobrinha, alface, quiabo, repolho, brócolis e kiwi.

Marrom: Regulador
São ricos em fibras, por isso favorecem o bom funcionamento do intestino, prevenindo a prisão de ventre. Têm efeito antioxidante, vasodilatador, além de combaterem a ansiedade e a depressão.
Exemplos: Soja, aveia, arroz integral, trigo, lentilha e nozes.

Preto e roxo: Vitalidade
Contêm antocianina, pigmento ligado à vitamina B1. Os alimentos desta cor retardam o envelhecimento, neutralizam as substâncias cancerígenas, antes que elas alterem o código genético. Auxiliam o sistema nervoso, pois favorecem a circulação e protegem o coração.
Exemplos: Ameixa, uva, jabuticaba, beterraba, repolho-roxo e alcachofra.

Agora já sabe, invista nas cores na hora de montar seu prato e torne sua refeição um verdadeiro arco-íris!

Fonte: Revista dos Vegetarianos